Um distribuidor atacadista amplificou seu alcance com uma campanha de seguidores do Twitter

A Ferguson Bath, Kitchen & Lighting Gallery (@Ferguson_FEI) é uma divisão da Ferguson Enterprises Inc., o maior distribuidor atacadista de tubulações dos EUA.

Objetivo da campanha

A equipe da Ferguson usa o Twitter para compartilhar informações sobre seus avançados showrooms com os profissionais do setor e proprietários de casas. Além de responder às dúvidas de clientes e compartilhar novidades em produtos, eles participam com frequência de conversas no Twitter para se conectar com clientes potenciais e influenciadores do segmento.

Para explorar melhor seus Tweets orgânicos, amplificar seu alcance e expandir sua valiosa comunidade, a equipe da Ferguson decidiu rodar uma campanha de seguidores com o Twitter Ads.

Público

Segmentação por designers de interiores, construtoras e empreiteiras dos EUA.

Resultado

3 mil%

de aumento em novos seguidores da conta

"Além de observar um aumento de 104% no engajamento no Twitter desde que rodamos a campanha, também tivemos resultados gerados por novos seguidores fora do Twitter: em comparação com a média dos visitantes de redes sociais, os usuários vindos do Twitter passaram mais tempo e visitaram mais páginas do nosso website."

— Whitney Porter, Sr., gerente de marketing da Ferguson

Chaves para o sucesso

Inclua uma call-to-action direta no conteúdo de texto do Tweet

O conteúdo de texto do Tweet da Ferguson apresentava aos usuários uma call-to-action direta com a inclusão das palavras “Siga-nos” e explicando o que o usuário ganharia com isso. Ao se concentrar na atenção do usuário e dizer a ele exatamente o que fazer, foi possível chegar aos melhores resultados.

Divida suas campanhas por segmentação

A Ferguson usou a segmentação por seguidores para alcançar seu público-alvo. Eles criaram campanhas separadas: uma adaptada para os designers de interiores e outra criada para atrair construtoras e empreiteiras. Em cada campanha, eles segmentaram por seguidores de 30 a 40 publicações comerciais, como @BuildersMagazin, @NAHBhome e @InteriorDesign, além de usuários parecidos com seus seguidores. Com essa segmentação das campanhas, foi possível adaptar o texto dos Tweets ao público e descobrir facilmente em que público houve crescimento no número de novos seguidores.

Otimize as campanhas com base em seu desempenho

Por meio de testes A/B com o texto do Tweet e o monitoramento da taxa de seguidores das contas segmentadas, a Ferguson conseguiu identificar quais criativos e tipos de segmentação funcionaram melhor para seus objetivos. Eles faziam otimizações frequentes, conferindo as campanhas e eliminando os Tweets e a segmentação que não geravam resultados tão bons.

 

Pronto para anunciar no Twitter?