Perguntas frequentes sobre o Programa Amplify

Diretrizes para conteúdo “Safe for Ads” (“Seguro para Publicidade”)

Os publishers que compartilham conteúdo de vídeo no Twitter são uma parte essencial das conversas que acontecem na plataforma todos os dias. O Programa Amplify Publisher foi criado para facilitar a monetização do conteúdo de vídeo para os publishers no Twitter e também distribuí-lo para uso imediato pelos anunciantes para o alinhamento de conteúdo "brand safe". Nem todo conteúdo dos publishers é adequado para monetização por meio do Programa Amplify Publisher. As diretrizes descritas abaixo devem ajudar os publishers a entender qual conteúdo pode não ser qualificado para monetização.

Todos os vídeos e Tweets relacionados que são monetizados por meio do Programa Amplify Publisher devem estar em conformidade com o conjunto de diretrizes abaixo. O Twitter reserva para si o direito, segundo seu próprio critério, de não mostrar anúncios e, assim, remover a monetização do conteúdo que considerar inadequado para os anunciantes.


Como analisamos o conteúdo monetizado do publisher

Levamos todos os componentes de um Tweet monetizado em consideração, incluindo:

  • Conteúdo de vídeo
  • Conteúdo de texto do Tweet
  • Áudio
  • Imagens
  • Sobreposição do texto
  • Contexto

Vídeos e Tweets relacionados selecionados para monetização por meio do Programa Amplify Publisher precisam seguir estas diretrizes. 

Os conteúdos descritos nas categorias a seguir são exemplos de conteúdo não qualificado para monetização:

  • Conteúdo sexual adulto
    Conteúdo em que o ponto central é considerado adulto ou provocativo, sexualmente sugestivo ou inclui nudez não estará qualificado para monetização. Isso inclui imagens adultas e explícitas, atividades ou discussões explícitas de conteúdo adulto.
  • Conteúdo sensível, abusivo e de propagação de ódio
    Conteúdo considerado polêmico ou difamatório por natureza não estará qualificado para monetização. Conteúdo que assedie, envergonhe ou insulte um indivíduo ou grupo com base em raça, etnia, nacionalidade, orientação sexual, identidade de gênero, religião, idade, deficiência, condição médica ou genética, condição de veterano, condição de refugiado ou condição de imigrante não estará qualificado para monetização. Conteúdos (incluindo representações ou discussões) focados em eventos sensíveis, como desastres naturais, menções de falecimento (inclusive de pessoas famosas), crises políticas ou ataques terroristas, não estarão qualificados para monetização. As diretrizes acima também são aplicáveis a conteúdos com contexto digno de ser noticiado, incluindo aqueles relacionados a eventos sensíveis pontuais e tragédias reais.
  • Produtos e serviços restritos e ilegais
    Conteúdos focados em produtos e serviços restritos ou ilegais, como drogas recreativas, tabaco, bebidas alcoólicas, apostas e armas não são qualificados para monetização. Isso pode incluir discussões em um contexto digno de ser noticiado e representações incidentais dos produtos e serviços restritos ou ilegais supracitados.
  • Conteúdo gráfico e violento
    Conteúdo que seja considerado violento, repugnante, sangrento ou chocante não estará qualificado para monetização. Isso inclui discussões/imagens em um contexto digno de ser noticiado e representações incidentais de violência e/ou morte.

As diretrizes acima sobre conteúdo violento, ofensivo e explícito devem ser consideradas na monetização de todos os conteúdos, incluindo, sem limitação, as seguintes categorias:

  • Fantasia e violência fictícia
  • Comportamento ofensivo/rude, incluindo intoxicação visível
  • Imagens educacionais e científicas
  • Videogames violentos (videogames com classificação M e acima não estão qualificados para monetização)
  • Animais, incluindo conteúdo que represente ou discuta o abuso de animais ou pessoas que machucam animais intencionalmente
  • Palavrões e linguagem ofensiva
    Obscenidades, incluindo o excesso de palavrões ou de linguagem com a intenção de insultar outras pessoas não estará qualificado para monetização.
  • Direitos autorais e marca registrada
    Conteúdos que violam direitos de propriedade intelectual ou promovem a venda de produtos falsificados não estarão qualificados para monetização.
  • Spam e conteúdos enganosos e mal-intencionados
    Todos os publishers que monetizam por meio do Programa Amplify Publisher precisam seguir as regras e políticas de spam do Twitter. 

    Como estão relacionados especificamente à monetização do Programa Amplify Publisher, os conteúdos e formatos de vídeo não qualificados para monetização incluem, mas não se limitam a: 

    • Vídeos curtos em loop que exibem o mesmo segmento várias vezes.
      • Esse formato se aplica a GIFs, imagens que piscam, slideshows de imagens e vídeos estáticos sem movimento. 
    • Segmentos curtos e cortados excessivamente carregados, publicados e monetizados.

Caso seu vídeo monetizado inclua conteúdo proibido que viole gravemente nossas diretrizes descritas acima ou que viole as políticas descritas nos Termos de Uso do programa, sua conta estará sujeita à política de 3 strikes do Twitter. Cada strike acarretará as seguintes consequências:

  • Strike 1: a monetização é removida do vídeo, e o publisher recebe um aviso no Media Studio.
  • Strike 2: a monetização é removida do vídeo, e o publisher fica sem poder monetizar vídeos por 1 (uma) semana.
  • Strike 3: o publisher é removido do Programa Amplify Publisher e fica sem poder monetizar vídeos por 6 (seis) meses.

Perguntas frequentes sobre o Programa Amplify Publisher

  • Perguntas frequentes sobre a configuração do programa
    Ícone de seta para baixo

    Como posso participar do programa?

    No momento, apenas publishers que trabalham com gerentes de parceiros do Twitter estão qualificados para se inscrever no Programa Amplify. Se você quiser se inscrever, trabalhe diretamente com seu gerente de parceiro.

    Quais são os requisitos para participar do programa?

    • Ter, no mínimo, 18 anos.
    • A conta do Twitter deve estar em situação regular.
    • Ser verificado.
    • Publicar conteúdo "brand safe" de acordo com as Diretrizes para conteúdo "Safe for Ads" ("Seguro para Publicidade"), que podem ser encontradas acima. 
    • Ser um publisher de vídeo ativo no Twitter.
    • Contas aprovadas terão que cumprir as diretrizes de conteúdo e concordar com os Termos de Serviço do programa.

    Como forneço as informações de pagamento?

    Assim que os Termos de Serviço forem aceitos, o publisher terá acesso a um formulário, onde fornecerá as informações de pagamento.

    Quais são as opções de pagamento?

    Os publishers podem ser pagos por Depósito Direto/ACH ou PayPal. Essa seleção é feita durante o processo de configuração no Media Studio.

    Como e quando receberei o pagamento?

    O Twitter efetuará o pagamento aos publishers no prazo de 60 (sessenta) dias após o último dia do mês em que ocorreram os ganhos. Por exemplo, os ganhos de junho serão pagos no fim de agosto. Os pagamentos serão enviados automaticamente, e uma notificação por e-mail será encaminhada ao nome de contato indicado nos detalhes de pagamento.

    Como insiro minhas informações fiscais?

    Os publishers precisarão inserir suas informações fiscais relevantes para validação. O nome inserido deve ser idêntico ao dos registros do governo local. Por exemplo, Inc. x Incorporated.

    Vocês enviarão uma fatura?

    Não enviamos faturas. Os publishers receberão um e-mail quando os pagamentos tiverem sido efetuados. Os e-mails incluem o ID da conta do publisher, o valor dos ganhos e a data da fatura. Os ganhos também serão listados na aba “Monetização” do Media Studio assim que forem processados.

    Como saberei quais serão os meus ganhos antes do intervalo de pagamento?

    Os ganhos estimados do publisher são exibidos na aba “Estatísticas”, com um atraso de 2 dias. Esses valores são previsões, e pode haver diferença entre as estimativas e o valor final dos pagamentos. Consulte os termos de parceiros para saber mais detalhes.

    Por que tenho que inserir as informações para cada identificador? E se eu quiser ser pago como uma organização?

    Cada identificador precisa ser configurado como seu próprio beneficiário. No Media Studio, o publisher pode atribuir um administrador à conta, que pode usar suas próprias credenciais para acessar o identificador.

    Quem terá acesso às minhas informações de pagamento?

    O publisher que tem acesso às credenciais do identificador. As informações de pagamento são ocultadas assim que inseridas, e usamos um processador de terceiros para os pagamentos. A equipe de operações financeiras do Twitter que supervisiona os pagamentos terá acesso ao dados dos beneficiários para auxiliar no processo comercial.

    Por que ainda não fui pago?

    Para processar pagamentos, há um limite de US$ 100 ou o equivalente na sua moeda local. Eles serão enviados assim que o publisher atingir essa quantia.

    Com quem deverei entrar em contato se tiver dúvidas sobre os pagamentos?

    Se tiver dúvidas relacionadas ao status de pagamentos em aberto, fale conosco pelo e-mail contentpaymentsupport@twitter.com.

  • Perguntas frequentes sobre publicação
    Ícone de seta para baixo

    Como monetizo os vídeos?

    Durante o processo de carregamento do vídeo, o publisher deverá selecionar a opção “Monetizar este vídeo” para incluí-lo no programa. É necessário selecionar uma categoria que descreva o conteúdo.

    Tenho que ativar a monetização de todos os vídeos?

    Não. O publisher escolhe quais vídeos serão incluídos no programa. O publisher pode selecionar os vídeos individualmente (vídeo por vídeo) ou definir padrões na área de configurações da conta.

    Posso carregar vídeos pelo telefone?

    Sim. É possível fazer carregamentos de plataformas móveis para o Programa Amplify Publisher por meio de dispositivos Android ou iOS.

    Posso criar uma lista negra de marcas ou categorias específicas?

    Os publishers podem criar listas negras no nível do identificador ou da categoria. Os anunciantes também podem criar listas negras por identificador ou categoria.


Este artigo foi útil?

O tamanho máximo deste campo é de 5000 caracteres.
Success
Agradecemos o seu feedback sobre este artigo!
Error
Problema no envio de formulário.

Acesse o Twitter Ads