Política de Anúncios: Política de Brand Safety

Selecione o idioma, no canto inferior direito desta página, para ver as traduções disponíveis para este artigo. As traduções são fornecidas para sua conveniência e não têm por objetivo alterar o conteúdo de nossas políticas. A versão em inglês prevalece e deve ser usada como referência caso haja conflito entre a tradução e a versão em inglês.

Qual é a política?

Nossa política de brand safety expande as bases das Regras do Twitter para promover uma experiência publicitária segura a usuários e marcas. Essa política informa o contexto em que veiculamos anúncios e inclui, entre outros:

  • Conteúdo sexual adulto
  • Direitos autorais e marca registrada
  • Conteúdo com discurso de ódio ou extremista
  • Linguagem ofensiva ou contendo blasfêmia
  • Produtos e serviços restritos e ilegais 
  • Conteúdo sensível
  • Spam e conteúdos enganosos e mal-intencionados
  • Conteúdo violento, questionável ou explícito

Além das nossas políticas de brand safety, que informam sobre a veiculação de anúncios no Twitter, também temos Políticas de Publicidade que determinam o conteúdo permitido em anúncios e a conduta dos anunciantes no Twitter. Saiba mais sobre nossas Políticas de Anúncios aqui.
 

Como esta política se aplica ao conteúdo monetizado pelo Pre-Roll do Amplify?

As diretrizes apresentadas nas categorias a seguir incluem exemplos de conteúdo não passível de monetização pelo Programa Pre-Roll do Amplify para Publishers. Essas diretrizes se aplicam a todos os aspectos do conteúdo monetizado, como Tweets de texto, conteúdo em vídeo, áudio e legendas.

Conteúdo sexual adulto
Conteúdo em que o ponto central é considerado adulto ou provocativo, sexualmente sugestivo ou inclui nudez não estará qualificado para monetização pelo Pre-Roll do Amplify. Isso inclui imagens adultas e explícitas, atividades ou discussões explícitas de conteúdo adulto.

Direitos autorais e marca registrada
Não estão qualificados para monetização conteúdos que violam os direitos de propriedade intelectual e promovem a venda de produtos falsificados.

Conteúdo com discurso de ódio ou extremista
Conteúdo considerado polêmico ou difamatório por natureza não estará qualificado para monetização. Conteúdo que assedie, envergonhe ou insulte um indivíduo ou grupo com base em raça, etnia, nacionalidade, casta, orientação sexual, sexo, identidade de gênero, religião, idade, deficiência, condição médica ou genética, condição de veterano, condição de refugiado ou condição de imigrante não estará qualificado para monetização. As diretrizes acima também se aplicam ao conteúdo com contexto digno de ser noticiado.

Blasfêmia e linguagem ofensiva
Obscenidades, incluindo o excesso de palavrões ou de linguagem com a intenção de insultar outras pessoas, não estará qualificado para monetização.

Produtos e serviços restritos e ilegais
Conteúdos focados em produtos e serviços restritos ou ilegais, como drogas recreativas, tabaco, bebidas alcoólicas, apostas e armas não são qualificados para monetização. Isso pode incluir discussões em um contexto digno de ser noticiado e representações incidentais dos produtos e serviços restritos ou ilegais supracitados.

Conteúdo sensível
Conteúdo que se concentre, retrate ou debata eventos sensíveis, como desastres naturais, menções a falecimentos (inclusive de pessoas famosas), crises políticas ou ataques terroristas ou outros eventos de óbitos em massa não estarão qualificados para monetização. As diretrizes acima também são aplicáveis ao conteúdo com contexto digno de ser noticiado, incluindo aqueles em relação a eventos sensíveis pontuais e tragédias do mundo real. Além disso, conteúdo considerado falso ou enganoso segundo as Regras do Twitter não é elegível para monetização. 

Spam e conteúdos enganosos e mal-intencionados
Todos os publishers que monetizam pelo Programa Amplify Publisher devem cumprir as regras e políticas de manipulação da plataforma e spam do Twitter.

Conteúdo violento, questionável ou explícito
Conteúdo que seja considerado violento, repugnante, sangrento ou chocante não estará qualificado para monetização. Isso inclui discussões/imagens em um contexto digno de ser noticiado e representações incidentais de violência e/ou morte.

As diretrizes acima sobre conteúdo violento, ofensivo e explícito deve ser considerada na monetização de todos os conteúdos, incluindo, sem limitação, as seguintes categorias:

  • Fantasia e violência fictícia
  • Comportamento ofensivo/rude, incluindo intoxicação visível
  • Imagens educacionais e científicas
  • Videogames violentos (jogo com desmembramentos, tiros na cabeça realistas, derramamento de sangue e combates corpo a corpo entre os personagens (hack-and-slash)) não se qualificam para monetização pelo Pre-Roll do Amplify
  • Dica: recomendamos desativar os efeitos de sangue no jogo, quando possível, ao monetizar pelo programa Pre-Roll do Amplify
  • Animais, inclusive conteúdo que retrate ou debata fazer mal a animais

Como estão relacionados especificamente à monetização do Pre-Roll do Amplify, os conteúdos e formatos de vídeo não qualificados para monetização incluem, mas não se limitam a:

  • Vídeos curtos em loop que exibem o mesmo segmento várias vezes.
  • Esse formato se aplica a GIFs, imagens que piscam, slideshows de imagens e vídeos estáticos sem movimento. 
  • Segmentos curtos e cortados excessivamente carregados, publicados e monetizados.
  • Tweets por voz e gravações de áudio sem vídeo/imagens.
     

Para obter mais orientações quanto ao Programa Pre-Roll do Amplify para Publishers, inclusive critérios de elegibilidade da conta e informações sobre como essas políticas são aplicadas, clique aqui.

Pronto para começar?